Cassilandia Jornal

notícia publicada em 09/10/2017 �s 10:06:09

Prazo para apresentação de Emendas ao PPA foi iniciada na sexta-feira (06)
 
Cassilândia Jornal   
 Cr�ditos da Foto: Divulgação 
O prazo para a apresentação de Emendas ao Plano Plurianual do município de Campo Grande para o quadriênio de 2018 a 2021 começa na ultima sexta-feira (06/10) e termina no dia 20 de outubro, conforme informação do relator, vereador Junior Longo (PSDB).

Antes, porém, no dia 18 de outubro, será realizada a Audiência Pública a partir das 9 horas no Plenário Edroim Reverdito. A convocação foi publicada no Diário Legislativo nº 10 a pedido da Comissão Permanente de Finanças, Orçamento e Fiscalização da Câmara Municipal de Campo Grande.

O Plano Plurianual está presente no artigo 165 da Constituição Federal e prevê um plano de médio prazo, que designa as diretrizes, objetivos e metas a serem seguidos pela administração pública no período de quatro anos. A ferramenta tem como principal objetivo estruturar ações que visem o bem comum da população para a qual se destina. A participação popular é essencial para formular um plano que atenda as prioridades da população.

Segundo Junior Longo o PPA além de informar as metas da Prefeitura de Campo Grande, para o período de quatro anos, com os respectivos arranjos para a implementação também contribui para revelar e organizar a ação de governo na busca de um melhor desempenho da administração pública. “O PPA permite à sociedade confirmar que o executivo está cumprindo os compromissos firmados e serve para o governo declarar e organizar sua atuação, a fim de entregar o produto certo, no local certo, na hora certa”, avaliou o vereador tucano.

Entre as funções do PPA está à redução de desigualdades entre distritos, bairros e regiões, segundo critério populacional. “Por isso é de suma importância a participação dos parlamentares e principalmente da população na audiência pública do próximo dia 18, pois, queremos priorizar as necessidades apontadas por nossa gente”, finalizou o relator do PPA, vereador Junior Longo.


Fonte: Andressa Lopes Assessoria de Imprensa

Comentários
 Mais notícias
 
Mais Médicos: 8 mil profissionais brasileiros inscritos no novo edital (v. 92)
 
Zeca denuncia direcionamento em chamada pública para saúde indígena do MS (v. 95)
 
MEGA-SENA ACUMULA E PODE PAGAR R$ 39 MILHÕES NESTE SÁBADO (v. 90)
 
Crea-MS: em eleição marcada por impugnações, candidato renuncia (v. 110)
 
Faculdades oferecem mais de 67 mil bolsas de estudo em MS (v. 107)