Cassilandia Jornal

notícia publicada em 05/03/2015 �s 13:25:12

Novo percentual de etanol na gasolina traz benefício para o país
Mistura de etanol na gasolina sobe de 25% para 27% a partir do dia 16
 
Cassilândia Jornal   
O percentual do etanol misturado à gasolina será aumentado de 25% para 27% a partir do dia 16 de março. A resolução, que autoriza o aumento do álcool anidro na mistura da gasolina, foi assinada pela presidente Dilma Rousseff, nesta quarta-feira (4).

Na avaliação da ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), o acréscimo na mistura fortalecerá o setor e o maior percentual de etanol não causará prejuízo. “Nunca tivemos dúvida de que percentual de 27% não causasse prejuízo. É segura, sem dúvida”, reforçou.

“Temos no Brasil um bilhão de litros de etanol em estoque e nossa expectativa é que essa quantidade de combustível seja totalmente misturada à gasolina já em 2015”, explicou a ministra Kátia. “Com essa mudança ganham o país, os consumidores e o meio ambiente, completou.

Kátia Abreu, explicou ainda que há no Brasil 1 bilhão de litros de álcool em estoque. Conforme a ministra, a estimativa é que essa quantidade de combustível seja totalmente misturada à gasolina já em 2015.

Essa medida já vinha sendo debatida desde o ano passado como meio de incentivar as usinas produtoras de etanol. Naquela época, porém, estudava-se o aumento do percentual para 27,5%.

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, informou que o aumento vale para a gasolina comum e para a aditivada. “A única exceção é a premium”, afirmou.

De acordo com Braga, a decisão foi tomada a pedido da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, a Anfavea.


Fonte: AGRONOTÌCIAS

Comentários
 Mais notícias
 
Aumenta interesse do brasileiro por viagens nacionais (v. 9896)
 
Mulheres comandam 40% dos lares brasileiros (v. 10150)
 
MinC acionará judicialmente o Facebook contra censura na rede (v. 9791)
 
A partir de hoje, empregador terá de pedir seguro-desemprego pela internet (v. 9878)
 
Brasil desperdiça mais de "seis Cantareiras" por ano, mostra estudo (v. 9715)