Cassilandia Jornal

notícia publicada em 20/04/2017 �s 16:22:20

Justiça ouve nesta quinta testemunhas da ação que pede a cassação de Délia
 
Cassilândia Jornal   
 Cr�ditos da Foto: Divulgaçao 
O juiz Jonas Hass Silva Junior titular da 43ª Zona Eleitoral de Dourados ouve na tarde desta quinta-feira as testemunhas na ação movida pela coligação encabeçada pelo deputado federal Geraldo Resende (PSDB) que pediu a cassação dos diplomas da prefeita eleita Delia Razuk (PR) e do vice-prefeito Marisvaldo Zeuli (PPS).

Delia e Marisvaldo foram denunciados pelo deputado Geraldo Resende, segundo colocado nas eleições do ano passado por supostamente ter cometido dois crimes eleitorais.

O advogado Paulo Junges que representa o parlamentar diz que uma acusação prende-se ao fato da candidata ter se servido dos serviços de um funcionário da Assembleia Legislativa durante o período de campanha e recebendo salários do Poder Legislativo enquanto assessorava a Delia na campanha.

A outra acusação feita por Geraldo refere-se a um depósito de R$ 100 mil feito por ela na própria campanha. “Na declaração de bens que ela apresentou em 15 de agosto não indicou nenhuma disponibilidade financeira. E no dia 2 de setembro ela depositou R$ 100 mil na própria campanha.

Paulo Junges afirmou que depois desta audiência o magistrado pode pedir para ouvir mais testemunhas e posteriormente proferir a sentença.

O advogado Wander Medeiros que defende Délia Razuk afirmou que vai se pronunciar a respeito do caso somente depois da audiência.


Fonte: Nicanor Coelho, de Dourados

Comentários
 Mais notícias
 
PMDB decide indicar Marun para substituir Imbassahy (v. 50)
 
Mega-Sena acumula novamente e pode paggar R$ 50 milhões nesta quarta (v. 48)
 
Fim do auxílio-moradia para deputados, senadores e juízes tem apoio de mais de 540 mil pessoas (v. 80)
 
Nova Lei de Migração deve facilitar vida de estrangeiros (v. 80)
 
Comissão mantém proibição de suspensão de pena por crime militar de desacato a superior (v. 77)