Cassilandia Jornal

notícia publicada em 20/04/2017 �s 16:54:13

CEARÁ TEM 5º PIOR DESEMPENHO EM MARÇO E PERDE 4,6 MIL VAGAS DE EMPREGO
 
Cassilândia Jornal   
 Cr�ditos da Foto: Divulgaçao 
Após crescimento nos empregos em fevereiro, o Ceará voltou a apresentar forte queda no número de empregados em março. No mês passado, o Ceará teve o 5º pior desempenho entre os 26 estados e Brasília e demitiu 4.675 pessoas a mais do que admitiu, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (20) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).
O mês passado foi o segundo pior março desde o início da série histórica, em 2003. O pior março foi o de 2016, com 4.701 demissões a mais que admissões.
O setor que mais demitiu foi o comércio, com 1.447 vagas a menos disponíveis no mercado. Em seguida aparecem construção civil (-1.258), serviços (-1.022), indústria da transformação (-548), agropecuária (-286), serviços industriais de utilidade pública (-235) e atividade extrativa mineral (-54).
O único setor com saldo positivo em março deste ano foi a administração pública, com 175 demissões a mais que o número de contratações formais, com carteira assinada.
Demissões no país
Considerando todo o país, as demissões superaram as contratações em 63.624 vagas. A redução das 63.624 vagas de emprego é resultado de 1.251.332 admissões e de 1.324.956 demissões em março. No acumulado do primeiro trimestre de 2017, o país registrou o fechamento de 64.378 postos de trabalho.
No mês de fevereiro, após 22 meses de queda no número de postos de trabalho formal, o Brasil voltou a gerar emprego, com um saldo de 35.612 novos postos de trabalho com carteira assinada. Na série ajustada, divulgada nesta quinta, o número de fevereiro subiu para uma criação de 40.147 vagas.


Fonte: G1

Comentários
 Mais notícias
 
PMDB decide indicar Marun para substituir Imbassahy (v. 50)
 
Mega-Sena acumula novamente e pode paggar R$ 50 milhões nesta quarta (v. 48)
 
Fim do auxílio-moradia para deputados, senadores e juízes tem apoio de mais de 540 mil pessoas (v. 80)
 
Nova Lei de Migração deve facilitar vida de estrangeiros (v. 80)
 
Comissão mantém proibição de suspensão de pena por crime militar de desacato a superior (v. 77)